DRINKS | Manhattan Cocktail: mais de um século de história

Quando iniciei na vida de bartender sempre me fascinaram os coquetéis que eram servidos na taça Martini (cocktail glass), por sua elegância, pela perfeita sintonia entre seu design e o conteúdo. Sempre que pensamos em coquetéis clássicos nos vem à cabeça pelo menos três receitas preparadas nessa taça cheia de classe e de história. 

Um clássico que atravessa o tempo, se mantém intacto e atual, é o Manhattan. Vivemos um “revival” dos tempos da Lei Seca americana, a volta dos clássicos, à procura de novos sabores da história da coquetelaria, suas origens e ingredientes e receitas que ficaram perdidas no tempo. Este coquetel é um daqueles que todo bar deve preparar, podendo divergir nas quantidades do uísque americano, na marca de sua preferência e do vermute, mas sua forma de preparar, sua taça e o ingrediente aromático inconfundível, o amargo da Angostura, nunca podem ser esquecidos.

Uma história popular, sugere que a bebida teve origem no Clube Manhattan em Nova York no início dos anos 1870, e  que foi inventada pelo Dr. Iain Marshall para um banquete oferecido por Jennie Jerome (Lady Randolph Churchill, a mãe de Winston Churchil) em honra do candidato presidencial Samuel J. Tilden. O sucesso neste banquete a fez a bebida da moda, mais tarde, as pessoas pediam a bebida referindo-se ao nome do clube onde foi criada- “o coquetel de Manhattan”.  No entanto, Lady Randolph estava na França nessa época e grávida, assim a história provavelmente não é verdadeira.

Existem diversas histórias para a origem do drink. Na época existiam muitas misturas na área de Manhattan que levavam o nome do local. Alguns dizem que foi criado em 1860 por um bartender de sobrenome Black, e a receita aparece em livros como o “The Flowing Bowl” de William Schmidt’s de 1891 ou “Tennessee Cocktail” in Shake ‘em Up! De V. Elliott and P. Strong de 1930 em ambos com receitas diferentes.

Seja lá quem for seu criador e a verdadeira história que envolve este coquetel, o Manhattan atravessou séculos e cada dia que passa se renova nas mais novas releituras criadas pelos mixólogos de plantão e mantém sua tradição para quem gosta como eu de um verdadeiro clássico.

Receita Oficial da IBA (International Bartenders Association)

MANHATTAN
Before Dinner cocktail

  • 50 ml American Whiskey
  • 20 ml Vermouth tinto
  • 1 dash* Angostura Bitters

Gele bem a taça Martini e o mixing glass. Adicione as bebidas ao mixing glass gelado, coloque gelo e mexa por 12 segundos, coe na taça Martini gelada. Decore com uma cereja.

*dash – um golpe ou lance, vertemos a garrafa de Angostura uma vez dentro do mixing glass.

Gostou? Deixe um comentário: