GASTRÔ | O melhor sanduíche da minha vida

Olha a quantidade de recheio! (fotos: Melina Fernandes)

Férias gastronômicas significam comer muito e comer bem, mesmo naquele momento em que tu já estás satisfeita e tudo o que precisas é de um chá e uma caminhada. Parece que tudo conspira para achares um daqueles paraísos das orgias alimentares. Pois foi para fugir da muvuca de turistas às margens do Rio Arno, em Florença (Itália), num passeio despretensioso entre a Ponte Vecchio e a Basílica di Santa Croce, depois do almoço e do gelatto (sorvete, em italiano), que nos deparamos com duas filas enormes, uma de cada lado da rua, em dois estabelecimentos com o mesmo nome: All’Antico Vinaio.

Nas calçadas, dezenas de pessoas sentadas comem seus paninis (sanduíches, em italiano), como se fossem as coisas mais gostosas do planeta. Em frente aos dois minúsculos e caóticos estabelecimentos, um balcão com garrafas de vinho e taças, oferecendo o cálice por 2 euros (aproximadamente 9 reais). É só servir de qualquer um dos rótulos expostos!

Só que estava lotado, eu odeio filas e recém tínhamos almoçado. Decidimos que voltaríamos depois. Grande ideia! Chegamos e fomos os primeiros a sermos atendidos. Pedi o la favolosa (o fabuloso, em italiano), mais vendido e, definitivamente, o melhor sanduíche da minha vida.

O pão, parece um ciabata gigante, que é cortado em pedaços também gigantes de 25cmx25cm. É feito no local e chega quentinho ao balcão. O recheio era um tipo de salame, creme de queijo de ovelha feito em casa, creme de alcachofra e berinjela picante. Dos deuses!!!

Olha a quantidade de recheio! (fotos: Melina Fernandes)

Olha a quantidade de recheio! (fotos: Melina Fernandes)

O pai pediu um outro sanduíche com porchetta (carne de porco assada). Também delicioso! Por 5 euros (cerca de 22 reais), tu podes montar o teu sanduíche com todos os ingredientes do balcão, uma infinidade de frios, queijos, legumes, pastinhas italianas preparadas na casa, etc. Porém nunca mistures dois tipos de carnes: pra eles, isso é uma blasfêmia! Foi o que fizemos no dia seguinte. Montamos nosso sanduíche e seguimos viagem.

Um balcão de opções... Só não misture dois tipos de carnes!

Um balcão de opções… Só não misture dois tipos de carnes!

Deixei para contar no final que, ao lado da porta, tem uma placa avisando que aquele é o segundo local mais indicado no mundo e o com o maior número de avaliações positivas no TripAdvisor. Eu até gosto de sites e aplicativos que permitem pessoas comuns avaliarem uma empresa ou um produto. Mas, ao mesmo tempo, sempre fico desconfiada com esses reconhecimentos de “o melhor”, “o mais importante”, “o mais recomendado”. Quero números, estatísticas, provas materiais e cabais que confirmem o tal conceito. Desta vez, bastou uma mordida!

Quer mais dicas de viagens gastronômicas? Então confere aqui:
GASTRÔ | Um cantinho peruano em Garopaba
VIAGENS | NYC em três dias

Siga nosso Canal no Youtube 😉

  • All’Antico Vinaio, Florença (Itália)
  • All’Antico Vinaio, Florença (Itália)
  • All’Antico Vinaio, Florença (Itália)

Gostou? Deixe um comentário: