GASTRÔ | Receita de risoto para a Sexta-feira Santa

risoto

Nesta Sexta-feira Santa, o chef Marcelo Schambeck, do Del Barbiere Bistrô, resolveu compartilhar com a gente a receita de um prato clássico da casa: o risoto de uva e pinolis. E, como o serviço é completo aqui, ele já indica um vinho pra fazer a harmonização: o Salamanca do Jarau, da vinícola Routhier & Derricarrère, de Rosário do Sul, na Campanha Gaúcha (esse aí da foto).

routhier11 (1)

Vamos aos ingredientes? Anote aí:

– 300g de arroz carnaroli ou arborio
– 1 litro de caldo de legumes
– 500 ml de vinho branco
– 1 cebola picada
– 500g de uvas brancas cortada ao meio
– 100g de pinolis
– 100g de parmesão ralado na hora
– 60g de manteiga
– sal e pimenta do reino a gosto
– azeite de oliva

Agora veja como preparar:
– Em uma panela, aqueça o caldo de legumes até ferver.
– Aqueça outra panela e refogue a cebola em 10g de manteiga, deixe a cebola atingir a cor de caramelo claro.
– Em seguida, acrescente o arroz, refogue e acrescente o vinho branco que vai ajudar a soltar o amido para deixar o risoto cremoso. Importante, não pare de mexer!
– Quando o vinho evaporar totalmente, comece acrescentar o caldo quente, sempre mexendo. Repita este procedimento cada vez que o caldo evaporar.
– O arroz demora 20 minutos para estar no ponto. Quando estiver quase atingindo o ponto, acrescente as uvas, finalize com o restante da manteiga e o parmesão ralado. Sirva com os pinolis.

Quer saber um pouco mais do vinho Salamanca do Jarau?
A lenda gaúcha, escrita pelo escritor João Simões Lopes Neto, é a inspiração do celebrado rótulo “Salamanca do Jarau”, da vinícola Routhier & Darricarrere, de Rosário do Sul, na região da Campanha. A história, que remete ao surgimento do Rio Grande do Sul, traz uma essência semelhante ao conceito do vinho: a valorização da terra.

O Salamanca do Jarau traz conceito de “terroir extremo”, que é o uso de uvas de um mesmo vinhedo fermentadas espontaneamente com leveduras indígenas. “É um típico Cabernet Sauvignon com aromas de frutas vermelhas, couro e cedro. Há sabor de fruta, café e especiarias, como pimenta preta e noz-moscada”, descreve Anthony Darricarrere, enólogo da vinícola.

O Salamanca do Jarau é uma edição limitada do ícone da vinícola, o Província de São Pedro, safra 2012, com 100% de uvas Cabernet Sauvignon. Os rótulos são obras de arte assinadas pelo artista plástico Gelson Radaelli.

 

Gostou? Deixe um comentário: