GASTRÔ | Um viagem ao Peru através dos pratos do Muju

O time de cozinheiros do Muju.

Uma família peruana. É assim o clima da cozinha do novo restaurante de Porto Alegre, Muju Restobar. Inaugurado há pouco mais de uma semana, o lugar se inspirou na cozinha do Peru e trouxe para a Capital Gaúcha tudo de melhor que a gastronomia daquele país pode proporcionar.

IMG_0227

O chef peruano Carlos Paredes, ex-estudante de medicina e filho de uma cozinheira de mão cheia, é quem comanda as panelas. Na retaguarda, seis cozinheiros brasileiros e seis conterrâneos. “Aqui cada cozinheiro peruano trabalha com um cozinheiro brasileiro. É uma mistura de línguas que nem sei como eles se entendem”, brinca Carlos. Ao todo, dos 21 funcionários do restaurante, nove são peruanos. “Nosso cardápio está em espanhol e isso já facilita eles na hora de preparar o prato, mas aos poucos eles vão se acostumando com o português”, conta um dos sócios brasileiros do restaurante, Daniel Lucas.

Além do Daniel, o Muju de Porto Alegre tem como sócios a brasileira Natália Rosito e o peruano Marcos Espinoza, experiente empresário do ramo, com restaurantes com a mesma temática no Rio de Janeiro (quatro unidades) e Brasília.

        MUJU = Semente (em Quíchua, idioma falado no Peru)

E para deixar o país natal ainda mais presente no prato, os ingredientes são trazidos direto do Peru, uma vez por semana. “Setenta por cento do que usamos é importado do Peru. Ingredientes mais frescos, como o peixe, compramos aqui mesmo. Fiquei impressionado com a qualidade dos pescados de Rio Grande e das pimentas gaúchas. Também uso frutas locais, como a bergamota, em alguns pratos para aproximar os dois países”, revela o chef.

O ambiente:

O Muju tem um ar elegante e alegre ao mesmo tempo. Para decorar, pinturas de artistas peruanos e mantas típicas.

O Muju tem um ar elegante e alegre ao mesmo tempo. Olha só que charme as mantas peruanas nas cadeiras.

Nas paredes pinturas de artistas do Peru.

Nas paredes pinturas de artistas do Peru.

Olha que bacana esta adega, toda de vidro, cortando os dois andares do restaurante. Para conservar os vinhos, climatização e troca constante das garrafas!

Olha que bacana esta adega, toda de vidro, cortando os dois andares do restaurante. Para conservar os vinhos, climatização e troca constante das garrafas!

Os vinhos brasileiros ainda são minoria na carta, por enquanto apenas quatro espumantes nacionais figuram entre rótulos argentinos (18), chilenos (16), franceses (14), italianos (6), portugueses (4), sul-africanos (2) e um uruguaio. Mas o sommelier do Maju garantiu: novos rótulos brasileiros devem entrar na carta nas próximas semanas! 🙂 “Estamos mudando a carta de vinhos aos poucos. Temos autonomia sobre ela e trabalhamos com todas as importadoras. Vamos aumentar o número de vinhos brasileiros à venda”, nos contou Lucas Costa, um dos responsáveis pela carta de vinhos.

O cardápio:

Cardápio de papel? Que nada! Aqui cada cliente recebe um tablet e navega nas dezenas de opções do Muju.

Cardápio de papel? Que nada! Aqui cada cliente recebe um tablet e navega nas dezenas de opções do Muju. Você ainda pode fazer combinações de pratos e descobrir com qual vinho harmonizar.

Os pratos:

Bom, vamos ao que interessa: a comida! Você vai perceber, em muitos pratos, a influência da culinária chinesa, fruto da imigração que aconteceu no início do século passado no Peru. É o que eles chamam de gastronomia Chifa (a culinária chinesa feita no Peru).

Para começar: pães quentinhos acompanhados de manteiga de ervas na casca de limão. ;)

Para começar: pães quentinhos acompanhados de manteiga de ervas na casca de limão. 😉

Trio maravilha: Ceviche Clássico (meu favorito!); Ceviche Misto (muito bom!) e Ceviche de Salmão (levemente agridoce).

Trio maravilha: Ceviche Clássico (meu favorito!) – R$ 32: com peixe branco, batata doce e milho peruano (parece um amendoim); Ceviche Misto (muito bom!) – R$ 37: com peixe, lula, camarão, aipim e milho peruano; e Ceviche de Salmão (levemente agridoce) – R$ 35.

Anticuchos de Pulpo (R$ 42): polvo no molho anticuchera (alho, gengibre, pimenta, manjericão), molho huancaína (molho de pimenta), queijo fresco, milho e salada crioula peruana. As batatas assadas dão um toque final ao prato!

Anticuchos de Pulpo (R$ 42): polvo no molho anticuchera (alho, gengibre, pimenta, manjericão), molho huancaína (molho de pimenta), queijo fresco, milho e salada crioula peruana. As batatas assadas dão um toque final ao prato!

Tiradito de Atum (R$ 35): atum, leite de tigre com bergamota e pimenta. Esse prato eu comeria em quantidades absurdas!

Tiradito de Atum (R$ 35): atum, leite de tigre com bergamota e pimenta. Esse prato eu comeria em quantidades absurdas!

Cauda del Rio: camarões, batata trabalhada com limão, pimenta amarela peruana, abacate e azeite. Uma delícia!

Causa del Rio: camarões, batata trabalhada com limão, pimenta amarela peruana, abacate e azeite. Uma delícia!

Nuestro Ají de Gallina (R$ 39): frango desfiado com molho à base de pimenta amarela, batatinha arroz branco.

Nuestro Ají de Gallina (R$ 39): frango desfiado com molho à base de pimenta amarela, batatinha arroz branco.

Os drinks:

Criollo (R$ 22): pisco, estragão, lúcuma, xarope de carambola, ginger ale e suco de limão.

Criollo (R$ 22): pisco, estragão, lúcuma, xarope de carambola, ginger ale e suco de limão.  Apple Sour (R$ 22): pisco, licor de maçã, creme de maçã verde e clara de ovo.

El Tano (R$ 22): pisco, curaçau blue, manjericão, suco de limão e de maracujá (uma incrível surpresa!).

El Tano (R$ 22): pisco, curaçau blue, manjericão, suco de limão e de maracujá (uma incrível surpresa!).

Pisco Sour Clássico (R$ 22): pisco, limão, almibar e clara de ovo.

Pisco Sour Clássico (R$ 22): pisco, limão, almibar e clara de ovo.

E para completar, a sobremesa:

De sobremesa: Merengado de Chirimoya (R$ 18) e Suspiro Limeño (R$ 16).

Merengado de Chirimoya (R$ 18) e Suspiro Limeño (R$ 16).

DICA: no almoço o restaurante oferece opções de pratos mais em conta no cardápio.

SERVIÇO:
Muju Restobar
Rua Coronel Bordini, 684 – Auxiliadora, Porto Alegre
51 3328-0348
www.muju.com.br
Horário de atendimento:

De segunda a sexta-feira: das 11h30 às 15h e das 19h às 24h
Sábado: das 12h às 16h e das 19h às 24h
Domingo: das 12h às 17h

Gostou? Deixe um comentário: