HOBBIES: Mundo em miniatura

Quem curte automóveis e gostaria de ter uma coleção deles, tem uma maneira divertida de reunir em pouco espaço uma frota particular: miniaturas. Os melhores modelos, construídos em metal (die cast), plástico ou resina – em diferentes escalas – são reproduções muito fiéis dos veículos originais.

mini4

Se você pensa em começar uma coleção, algumas dicas.

* Existem modelos colecionáveis em diversas escalas. As mais comuns são 1:43, 1:32, 1:24 e 1:18. A preferida dos colecionadores em todo o mundo é a 1:43. É também a que oferece a maior diversidade de modelos. Porém, nessa escala nem sempre as portas e os capôs abrem, e, às vezes, os detalhes não são bons. Outra escala muito colecionada é a 1:18. Os modelos são maiores, portas e capôs geralmente abrem, e possuem mecânica e interiores mais detalhados.

* Miniaturas não são brinquedos. Os carrinhos são frágeis, e possuem acessórios, como espelhos e antenas, que podem facilmente se soltar. Por isso, devem ficar longe do alcance de crianças.

* Miniaturas são muito suscetíveis à poeira, à luz solar e ao manuseio. Por isso, devem ser conservadas em uma estante ou armário envidraçados, que permitam a sua visualização sem a necessidade de limpezas frequentes. Para limpar a poeira acumulada, o melhor é usar um pincel de maquiagem e o jato (frio) de um secador de cabelo.

* A oferta de modelos colecionáveis é imensa. O ideal é estabelecer desde o início uma escala para a sua coleção. Uma coleção mais, digamos, “profissional” não deve reunir carrinhos de diferentes escalas. Outra medida interessante é escolher um “tema”. Por exemplo: clássicos esportivos das décadas de 40 a 60. Muscle cars americanos. Ou viaturas militares. Com o tempo, você pode ampliar as categorias.

Existem diversos sites e fóruns de colecionadores de miniaturas na internet (Exemplo: www.mundoemminiatura.com.br). Há também muitas lojas virtuais com catálogos amplos (Exemplo: www.balaoazulminiaturas.com.br) e um movimentado mercado de compra, venda e troca de carrinhos usados. Mas, um lembrete: dependendo da escala e do material que você escolher (Metal, plástico ou resina), este não é um hobby barato. Uma boa miniatura em metal na escala 1:18, por exemplo, não sai por menos de R$ 200.

  • mini2
  • mini5
  • mini3
  • mini1

Gostou? Deixe um comentário: