NEWS | Agora é a vez dos vinhos da IG Farroupilha chegarem ao mercado

farroupilha2

Dois vinhos tranquilos e quatro espumantes, todos moscatéis, apresentados pelas vinícolas participantes da Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin), foram degustados às cegas e aprovados por unanimidade pelos enólogos que compõem o Conselho Regulador da Indicação Geográfica (IG) Farroupilha, no laboratório de Análise Sensorial da Embrapa Uva e Vinho.

Segundo João Carlos Taffarel, analista da Embrapa Uva e Vinho e também presidente da Afavin, os vinhos aprovados já deverão estar com o selo de indicação à disposição dos consumidores entre junho e julho. “Já vamos colocar os vinhos com a IG no mercado, mas estamos planejando um lançamento oficial que irá acontecer na entrega de prêmios da Seleção de vinhos de Farroupilha, evento que antecede a abertura do Festival do Moscatel, que acontece nos dois primeiros finais de semana de setembro, em Farroupilha“, adianta. O certificado de registro da IG Farroupilha para vinhos finos moscatéis foi outorgada pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) à associação, em outubro de 2015.

Os seis vinhos moscatéis foram degustados às cegas

Os seis vinhos moscatéis foram degustados às cegas

Todos os produtos avaliados apresentam a tipicidade das uvas moscatéis, característica que é a base dos vinhos da região“, avaliou Mauro Zanus, chefe-geral da Embrapa Uva e Vinho e um dos responsáveis pela análise sensorial dos produtos. “Há uma semana estávamos envolvidos no lançamento dos sete primeiros vinhos da IG de Monte Belo e hoje aprovamos os seis primeiros vinhos moscatéis que são o começo da caminhada da IG Farroupilha, ambos com um forte envolvimento e protagonismo da Embrapa, em conjunto com as associações de produtores, buscando valorizar as regiões vitícolas do Rio Grande do Sul“, finalizou.

A IG Farroupilha possui a particularidade de ter, no interior da área geográfica delimitada, uma Região Delimitada de Produção de Uvas Moscatéis (RDPM), centrada na região tradicional produtora das uvas moscatos. A RDPM possui 129 km2, e dela deverão ter origem pelo menos 85% das uvas para os vinhos da IP Farroupilha. A principal variedade é a tradicional Moscato Branco, historicamente cultivada no município. Esta variedade não é encontrada em outras regiões produtoras fora do Brasil. As outras variedades autorizadas são todas moscatéis, incluindo: Moscato Bianco, Malvasia de Cândia (aromática), Moscato Giallo, Moscatel de Alexandria, Malvasia Bianca, Moscato Rosado e Moscato de Hamburgo.

Fotos: Viviane Zanella

Gostou? Deixe um comentário: