NEWS | Caixa WineRun atrai 1500 corredores ao Vale dos Vinhedos

Caixa WineRun reuniu cerca de 1500 corredores de 17 estados do país, neste sábado (21/05), no Vale dos Vinhedos (RS). FOTO: Jefferson Bernardes/ Agência Preview

Meia-maratona teve participantes de 17 estados do país na manhã deste sábado (21/05). Curitibano venceu no masculino e porto-alegrense levou o 1º lugar entre as mulheres.

O estreante Ricardo Julio dos Santos, de Curitiba (PR), foi o grande vencedor da Caixa WineRun (Corrida de Vinho), neste sábado (21/05), no Vale dos Vinhedos (RS). Ele completou a prova em 1h28min. Daniela Santarosa, de Porto Alegre (RS), venceu entre as mulheres, com o tempo de 1h52min. Ao todo, 1.500 corredores participaram da prova que se consolida como uma das cinco principais meias-maratonas temáticas do país.

A quinta edição aconteceu sob frio e neblina. “A pista estava úmida, muito lisa, com cascalho solto na maior parte do percurso. Foi uma prova muito difícil”, comenta Ricardo dos Santos. “Mas o cenário compensa. Foi um trajeto muito bacana”, destaca. Ele diz que voltará no ano que vem para defender o título. “Quero baixar meu tempo”.

Caixa WineRun - 037

A união de rigor técnico e o entorno com uma das paisagens mais lindas do Brasil formam um cenário que atrai atletas de todo o Brasil. Corredores de 17 estados participaram da Caixa Wine Run. A maioria (58%) mulheres. “A prevalência feminina é comum nesta prova, mas é rara em maratonas”, afirma Sergio Oprea, diretor da Zenith Sports Marketing, uma das organizadoras do Caixa WineRun.

Daniela Santarosa, campeã entre as mulheres, repetiu o gosto da vitória pelo segundo ano consecutivo. No ano passado, ela ficou em 1º lugar na categoria dupla mista. “Agora teve um gosto especial, porque ganhei sozinha”, comemora. “Foi uma prova dura, com muitas subidas. O cenário, porém, é gratificante. O clima de confraternização pré-prova e a festa pós-corrida vale muito. É a única corrida gourmet do país”, elogia.

O jornalista Sérgio Xavier, que competiu na Caixa WineRun, tem uma classificação peculiar para a corrida. “É uma maraturismo”, define. Isso porque, além de 85% do percurso de 21 km ser em meio à natureza, os participantes podem aproveitar o fim de semana para realizar tours guiados por vinícolas, passeio de Maria Fumaça e degustações de sucos de uva, vinhos e espumantes, bem como estabelecer contato com a cultura e gastronomia da Serra Gaúcha.

Os três primeiros colocados da WineRun, Ricardo Julio dos Santos, Rodrigo Neves dos Santos e Diogo Meirelles de Moura. FOTO: Jefferson Bernardes/ Agência Preview

Os três primeiros colocados da WineRun, Ricardo Julio dos Santos, Rodrigo Neves dos Santos e Diogo Meirelles de Moura. FOTO: Jefferson Bernardes/ Agência Preview

Para Christian Burgos, publisher da revista Adega, também organizadora do evento, a proposta da Caixa WineRun fomenta de modo sustentável o enoturismo nos principais destinos vitivinícolas nacionais, levando em conta a infraestrutura local para receber os atletas com conforto, charme e eficiência.

O percurso da prova qualifica a meia-maratona na categoria de um trail run, com mais de 85% do percurso com piso que intercala terra, cascalho e calçamentos com paralelepípedos entre paisagens nativas e vinhedos. A largada ocorreu no varejo da Gran Legado e a chegada foi no Campo da Capela das Almas. Foram apurados vencedores em nove categorias individuais por idade e três de duplas por gênero (incluindo a mista).

Gostou? Deixe um comentário: