NEWS | Novo Tannat Dunamis chega ao mercado

Elegância, extração na medida certa e minucioso processo de potencialização do sabor. Essa é a ordem da Dunamis para elaborar, mais uma vez, um vinho emblemático, descontraído e ideal para todos os momentos. A segunda safra do Tannat da Dunamis, proveniente de 2013, chega ao mercado mantendo em si as características da principal uva da vinícola que vem descomplicando a maneira de consumir um excelente vinho.

Com 15 meses de envelhecimento em barricas de carvalho e oito meses em garrafa, o Tannat Dunamis 2013 chega aos apreciadores do vinho com aromas frutados mais intensos. A maturação excelente da safra propiciou o amadurecimento dos taninos, que estão macios e aveludados na medida certa, já que todo o processo ocorre de forma natural, respeitando o tempo da uva e da bebida. O resultado é um vinho amável e saboroso: “Para a elaboração do Tannat, o cuidado maior é na extração de taninos. Cuidamos ao máximo em degustação, hora a hora, para que os taninos sejam doces e maduros. Uma extração exagerada, mesmo com taninos maduros, pode levar o vinho a ser muito tânico, pesado, necessitando um longo tempo de envelhecimento para ser consumido”, pontua o enólogo Vinícius Cercatto, responsável pela elaboração do Tannat ao lado do também enólogo Thiago Peterle.

O primeiro Tannat Dunamis surgiu proveniente da safra 2012, uma safra considerada regular, mas realmente diferenciada quando se tratava da qualidade da uva. Cultivar Tannat é uma arte:  requer um clima seco, como todas as variedades de uvas conhecidas, e luminosidade. Estas são as condições que mais influenciam na qualidade da uva colhida. Porém, ela tem um diferencial, acentuado pelo trabalho impecável do processo elaborado pelos enólogos da Dunamis:  apresenta uma maior resistência a climas úmidos e dias nublados, possibilitando ao viticultor colher uma uva mais madura quanto ao caráter de polifenóis e açúcar. O resultado é uma uva que  apresenta uma “rusticidade” ou caráter “selvagem” que lhe confere condições melhores de maturação.

Sobre a Dunamis

Vinhos e espumantes ideais para serem degustados a qualquer momento. Esse é o principal conceito da Dunamis Vinhos e Vinhedos, uma vinícola jovem, criada em 2010 por José Antonio Peterle, um apaixonado pelo vinho que assumiu a prerrogativa de explorar a riqueza das terras da campanha gaúcha para desenvolver sua paixão. Os enólogos  Thiago Peterle e Vinícius Cercato vieram para compor o time com a missão de descomplicar o consumo do vinho, sem abrir mão da elegância.  A  jovialidade dos profissionais se traduz nas garrafas das bebidas que carregam o rótulo Dunamis: vinhos e espumantes descontraídos e versáteis.

Contando com produções de uva próprias, a Dunamis possui ampla equipe para o acompanhamento dos vinhedos, garantindo que todo o processo seja marcado por excelente qualidade. Ao todo, são 15 hectares de vinhedos em Dom Pedrito para a produção de vinhos finos e outros 10 hectares na cidade serrana de Cotiporã, de onde saem  uvas para produção de espumantes. Cultivo não é a única preocupação da vinícola. A Dunamis Vinhos e Vinhedos possui uma política de responsabilidade ambiental comprometida com a redução do impacto ambiental com ações que envolvem a preservação da biodiversidade, reduzindo o uso de defensivos agrícolas. Fauna e flora nativas das locações dos vinhedos são respeitadas, e o uso de sistema “termal pest control” garante que pragas da videira sejam eliminadas através do controle térmico, reduzindo também o consumo de água. Investimentos na redução de peso das garrafas de vinho também são feitos, diminuindo a emissão de gases poluentes.

Com representantes nos estados de Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, a Dunamis expande sua atuação através da loja virtual (http://loja.dunamis.com.br), levando seus produtos para qualquer região do país, provando que bons vinhos e espumantes não possuem limites.

 

Foto: Janquiel Mesturini

Gostou? Deixe um comentário: