TASTING | Brunello de Mariana

Oui, nós também temos “garagistas”. Vinhateiros independentes, artesanais, criativos, bad boys, que fazem pouco vinho, com um mínimo de tecnologia e uma forte pegada autoral. Dono de um vinhedo de apenas meio hectare no município gaúcho de Mariana Pimentel, o Professor Doutor em Astrofísica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) Jorge Ducati elabora, entre outros vinhos, este curioso Brunello de Mariana. A tiragem, de apenas 149 garrafas, o rótulo escrito a mão e a parceria com outro conhecido garagista, o também professor (de Física) Vilmar Bettú, fazem deste caldo de Sangiovese (a uva do Brunello italiano) um autêntico vinho de garagem brasileiro. Com 12% de álcool, tem corpo médio, pouca cor (com bordas já atijoladas), acidez vibrante e notas balsâmicas no final de boca. É um vinho sincero, quase rude. Aparentemente, não passou por nenhum processo de filtragem.

Gostou? Deixe um comentário: