TASTING | Tinto português com alma francesa

A vitivinicultura portuguesa moderna surpreende pela inovação e pela ausência de preconceitos. Sim, o país possui uma grande variedade de castas autóctones reconhecidas internacionalmente, como a Touriga Nacional, mas nem por isso as vinícolas portuguesas deixam de fazer vinhos com variedades importadas, na busca por blends surpreendentes ou por monovarietais diferenciados. Este DOC Alentejo Monsaraz Premium 2008, da sub-região de Reguengos, é elaborado com 100% de Alicante Bouschet (cepa de origem francesa tão bem ambientada em Portugal que hoje já é considerada “de casa”). Um vinho encorpado, com 14% de álcool, frutas negras no nariz, excelente equilíbrio em boca, taninos sedosos e final longo, quase licoroso. Premiado em concursos nacionais e internacionais. Importação: Porto a Porto.

Gostou? Deixe um comentário: