TASTING | Um elegante – e longuíssimo! – Charmat

Espumantes elaborados pelo Método Charmat (segunda fermentação em autoclaves pressurizadas) geralmente são vinhos ligeiros, pouco complexos, para serem bebidos informalmente, à beira da piscina, por exemplo. Não é o caso deste Salton Reserva Ouro. Charmat longuíssimo, com dois meses de fermentação a 12 graus celcius e um ano sobre as leveduras mortas, apresenta cor amarelo dourado, perlage fino e nariz sofisticado, com notas de padaria, amêndoas e frutas de polpa clara. Em boca, é fresco, cítrico, mas cremoso como um bom Champenoise. O corte de Chardonnay, Pinot Noir e Riesling já é um clássico da Serra Gaúcha. Poucas vinícolas, além da centenária Salton, poderiam se dar ao custoso luxo de maturar um espumante por 12 meses em caríssimos tanques de inox. Mas o resultado compensou o investimento.

Gostou? Deixe um comentário: