VIAGENS | O melhor de Veneza é sem mapa

Deixe os guias de lado e siga suas pernas e seus impulsos nesta cidade com 118 ilhas, 400 pontes e 177 canais. O bom de Veneza é perder-se para se encontrar. Leve o esquema na sua memória e tenha como referências a Praça São Marcos, a Ponte do Rialto, o Grande Canal e a Estação Santa Lúcia. Não tem erro. Há placas nos prédios indicando as direções para a principal praça veneziana e para o Rialto, de onde se tem uma vista ímpar para o Grande Canal e se pode vasculhar o famoso mercado com centenas de lojas, ofertando peças fabricadas com os vidros de Murano e outras bugigangas. O comércio é muito forte em toda cidade. Há desde grifes internacionais até artigos falsificados. E prepare-se para tropeçar em turistas.

:: Leia mais sobre viagens aqui!

Para quem tem pouco tempo e deseja explorar outras ilhas, a sugestão é comprar um bilhete de 12 ou 24 horas, que sai mais em conta e possibilita circular pelos canais e ilhas ilimitadamente dentro do tempo estabelecido. O ticket sempre precisa ser validado. Uma boa opção é começar por Murano. São muitos atracadores. Confira antes de embarcar. Quem tiver interesse pode conhecer uma fábrica de vidros. Desta localidade siga a Burano, uma colorida aldeia de pescadores. Como é pequena, facilita o deslocamento. É uma boa opção para o almoço. Há restaurantes para todos os gostos e os bolsos. Depois de saborear uma pasta já está na hora de seguir para Lido, onde ocorre o Festival de Cinema de Veneza. Esta é a maior ilha e comporta a circulação de carros. Espere o cair da tarde para retornar à Praça São Marcos e de lá pegar outro vaporetto até a Estação São Lúcia, com a finalidade de desfrutar a magia do Grande Canal à noite, diferente do charme diurno.

Ouse entrar em ruelas de menos de um metro de largura. O cuidado maior em Veneza é com os batedores de carteira. Nada que os brasileiros não tirem de letra. E lembre-se, para visitar museus e interiores, o ideal é agendar ingressos antecipadamente pela internet e evitar as longas filas. Se fores passear de gôndola durante o dia, tenha em mente que o congestionamento suprime o glamour e irás de recordação nas fotos de turistas do mundo inteiro.

Gostou? Deixe um comentário: