VIAGENS | Rota das Cantinas Históricas: um lugar para se apaixonar na Serra Gaúcha

A Enoteca, localizada em um antigo forno da olaria, conservado e restaurado, guarda os vinhos produzidos pela empresa da família desde a fundação, em 1974.

Esta rota pode não ser a mais famosa de Bento Gonçalves (RS), mas na minha (humilde) opinião tem a vista mais linda da cidade. Os vales e os montes moldam o distrito de Faria Lemos e de qualquer ponto da estrada é fácil ver o contorno e a beleza do Vale Aurora.

Turistas desavisados podem se confundir com o nome desta rota “Cantinas Históricas“. Já passei por isso. E já vi muita gente cometer o mesmo engano. A palavra “Cantina” neste caso não se refere a restaurante ou qualquer lugar que sirva comida. Usadas originalmente para guardar os mantimentos, as cantinas são lugares carregados de saberes e memórias que retratam a vida do colono. É onde o colono preparava o vinho, quase sempre no porão da casa.

Os tradicionais almoços da Dal Pizzol feitos para grupos previamente agendados.

Os tradicionais almoços da Dal Pizzol (feitos para grupos previamente agendados) tem pratos típicos do Vêneto.

Memórias. Saberes. Experiências. Tudo isso tem de sobra neste passeio. Aqui estão famílias de imigrantes italianos que mantém vivas as tradições do Vêneto e do Trento, regiões da Itália de onde vieram os primeiros moradores de Faria Lemos.

A HISTÓRIA DO VINHO

Nossa primeira parada é na vinícola que tem como lema a preservação da história da vitivinicultura brasileira. Há 40 anos produzindo vinho, a Dal Pizzol faz muito mais do que vender garrafas. Seus fundadores, Rinaldo e Antônio Dal Pizzol, mantém nos 8 hectares da propriedade, um museu da história do vinho.

Esqueça barricas, tanques de aço inox e todo o processo de produção do vinho que você vê em outras vinícolas. Na Dal Pizzol, delicie-se com as histórias da evolução do vinho no Brasil durante um passeio ao Ecomuseu da Cultura do Vinho. Lá estão guardadas as primeiras garrafas produzidas no país e relíquias de muitos rótulos que nem são produzidos mais. Fotos, documentos, centenas de garrafas de vinhos locais e estrangeiros também compõem a riqueza histórica do espaço.

O morador exibido!

O morador exibido!

Não se espante com os ruídos. Mais de 20 pavões são criados soltos pelo parque. Os exibidos mostram suas penas coloridas a todo o momento, tornando muito fácil o registro fotográfico dos turistas. Pelo caminho você ainda vai encontrar dezenas de outras aves silvestres e domésticas.

Animais domésticos e silvestres andam soltos pela propriedade.

Animais domésticos e silvestres andam soltos pela propriedade.

Já ouviu falar do Vinhedo do Mundo? A segunda maior coleção privada de uvas do mundo. São mais de 400 variedades de todo o planeta. Uma vez por ano, é feita uma colheita simbólica do vinhedo. As uvas são vinificadas juntas e produzem um vinho único.

Eu colhi a variedade Carignan, de origem francesa.

Eu colhi a variedade Carignan, de origem francesa.

E que tal descansar de baixo de uma das centenas de árvores nativas, exóticas, ornamentais, frutíferas e medicinais que fazem parte da coleção, todas identificadas e catalogadas? Você ainda vai conhecer um museu que guarda as ferramentas usadas pelos imigrantes italianos para trabalhar na terra e produzir os primeiros vinhos no Brasil. E ainda ver a réplica do primeiro vinhedo plantado na Serra Gaúcha.

VIVA A EXPERIÊNCIA

O porão da casa virou o restaurante da família.

O porão da casa virou o restaurante da família.

Seguindo nosso passeio chegamos à vinícola Cristofoli. A propriedade, administrada pela enóloga Bruna Cristofoli e seus pais, é daqueles lugares que encantam e apaixonam ao primeiro olhar. Em pouco mais de um hectare de terra – adquirido há mais de um século pelos primeiros imigrantes da família no Brasil – Bruna e a família mostram aos turistas o jeito simples e a autenticidade da vida por aqui.

A pequena propriedade vive da venda dos vinhos. É tudo familiar. E em tamanhos bem menores daqueles vistos nas grande vinícolas. O prédio novo, construído para abrigar tanques e máquinas modernas para envasar garrafas, fica em frente ao local onde tudo começou.

Maria de Lurdes Cristofoli, a rainha das panelas! (Foto: Ana Carolina Azevedo, Culinarismo)

Maria de Lurdes Cristofoli, a rainha das panelas! (Foto: Ana Carolina Azevedo, Culinarismo)

É no porão da casa dos avós paternos de Bruna que eles recebem os turistas para almoços e jantares agendados. No fogão, as receitas trazidas da Itália. Massas, linguiças, molhos, carnes e pães. Tudo feito com aquele toque de mãe, da mãe da Bruna, dona Maria de Lurdes Cristofoli. Eu sempre digo: é na Cristofoli que tenho as melhores experiências gastronômicas da Serra Gaúcha. É tudo muito autêntico, familiar e aconchegante. Tenho uma amiga que se sente abraçada por algumas comidas. Neste caso cabe perfeitamente. 😉

Na vinícola é possível acompanhar o processo de elaboração do vinho e da graspa (uma aguardente feita do bagaço da uva). Nas visitas, além de conhecer tudo o que cerca o mundo do vinho, da colheita da uva nos parreirais ao seu engarrafamento, o visitante tem contato com a cultura italiana, através de seus hábitos, sotaques e tradições.

A bela vista do vale das Antas

A bela vista do Vale do Rio das Antas

Na época da Vindima, é possível ainda participar do “Edredom nos Parreirais”. O piquenique  é um convite para relaxar sob a sombra das videiras, ouvindo o chilrear dos pássaros, sentido o vento e o perfume das uvas. Você recebe uma cesta cheia de especialidades da cozinha da família Cristofoli, escolhe um vinho e aproveita a experiência. A vista dos parreirais que contornam o Rio das Antas é um espetáculo à parte.

Gostou das dicas? Eu sei que ainda tem muita coisa para conhecer na Rota das Cantinas Históricas. Já está tudo anotado na agenda. Logo mais a gente sobe a Serra em busca de mais aventuras por lá. E você fica sabendo tudo por aqui!

SERVIÇO

Dal Pizzol Vinhos Fino
(54) 3449-2255
www.dalpizzol.com.br

Cristofoli Vinhedos e Vinhos Finos
(54) 3439-1190
www.vinhoscristofoli.com.br

  • A bela vista do vale das Antas
  • A bela vista do vale das Antas
  • O porão da casa virou o restaurante da família.
  • Os tradicionais almoços da Dal Pizzol feitos para grupos previamente agendados.
  • Os tradicionais almoços da Dal Pizzol feitos para grupos previamente agendados.
  • Animais domésticos e silvestres andam soltos pela propriedade.
  • A Enoteca, localizada em um antigo forno da olaria, conservado e restaurado, guarda os vinhos produzidos pela empresa da família desde a fundação, em 1974.
  • Réplica do primeiro vinhedo construído pelos imigrantes, todo de madeira e sem fios de arame.
  • Rinaldo Dal Pizzol
  • As variedades do Vinhedo do Mundo
  • Pavão: o morador exibido!
  • Pavão: o morador exibido!
  • Ecomuseu abriga a história do vinho
  • IMG_0711
  • Ecomuseu abriga a história do vinho
  • Ecomuseu abriga a história do vinho

Gostou? Deixe um comentário: