VIAGENS | Um passeio pelos vinhos do Oregon

vinhos do oregon, estados unidos

Oi gente! Me chamo Álvaro, sou jornalista e apaixonado por vinhos. Tenho certificação WSET 3 em vinhos e destilados. Antes de me apaixonar pelo vinho, eu já era louco por viagens – pelo prazer de vivenciar uma paisagem única, uma cultura diferente, um idioma novo. Não demorou para querer aliar as duas coisas e, como jornalista, colecionar visitas a produtores mundo afora. Já conheci cerca de cinquenta vinícolas em sete países, sempre em busca da descobrir o lugar e as pessoas por trás de um bom vinho. Eu tenho um blog (Movido a Vinho) onde publico matérias sobre minhas viagens e estudos no mundo do vinho.

A partir de hoje, toda a semana, passo a publicar também no As Boas Coisas da Vida. Para inaugurar este espaço, decidi compartilhar com vocês minhas andanças em um lugar menos falado entre os brasileiros: o estado do Oregon, nos EUA. A região concentra alguns dos mais importantes produtores norte-americanos fora da Califórnia, com vinhos de excelente qualidade e bom custo-benefício. Além disso, os locais que visitamos têm estrutura e preparo para receber bem os turistas, com rótulos a degustações a preços justos!

vinhos do oregon, estados unidos

Hoje em dia, há bastante material de qualidade disponível online para quem quiser visitar vinícolas no Chile e na Argentina, ou até mesmo na Califórnia. Por isso, decidimos inaugurar nosso espaço nas Boas Coisas oferecendo algumas opções de roteiro pouco famosas por aqui, mas que têm muito a oferecer. Você já provou um Pinot do Oregon? Sabe onde fica o Vale de Willamette? Não se preocupe: você vai poder aprender tudo que precisa sobre esses vinhos e vales aqui, em primeira mão!

vinhos do oregon, estados unidos

E tem vinho no Oregon?

O Oregon é o segundo estado norte-americano em volume de produção. Localizados na costa do Oceano Pacífico, ao Norte da Califórnia, eles produzem vinhos com boa estrutura e muita personalidade, embora bem diferentes dos tintos californianos. Para começar, a uva mais usada é o Pinot Noir. O estilo, por sua vez, possui uma elegância própria, que se encontra entre a delicadeza dos vinhos franceses da Borgonha (feitos com a mesma uva) e a potência amadeirada da Califórnia.

vinhos do oregon, estados unidos

Quando se fala em vinhos dos Estados Unidos, é comum que as pessoas se concentrem em Napa e Sonoma. Essas duas Áreas Viticultoras Americanas (AVAs) estão entre as mais famosas no Novo Mundo e se assemelham à classificação DOC (Denominação de Origem Controlada) usada na Europa e no Brasil, porém estão longe de ser as únicas áreas de produção de qualidade nos EUA. A AVA conhecida como Vale de Willamette (pronuncia-se Uil-ãmit) fica no Oregon, próximo da capital do estado, Portland. Ali se concentra um número cada vez maior de produtores consistentes. Hoje, são cerca de 300 vinícolas e seus vinhos estão lentamente ganhando espaço no mercado mundial. Willamette Valley concentra 75% dos vinhedos e quase 90% da produção de Pinot do estado do Oregon. Melhor ainda, as vinícolas dessa região oferecem uma alternativa acolhedora de turismo enológico, com custos muito mais atraentes do que as regiões vizinhas da Califórnia.

vinhos do oregon, estados unidos

Denominação de Origem ao estilo americano

Por conta da qualidade, muitas sub-regiões fizeram por merecer denominações próprias, mostrando ano após ano o potencial de suas uvas. Para esta série de textos, vamos concentrar nossa atenção em duas AVAs de excelência, Ribbon Ridge e Dundee Hills, localizadas dentro do Vale de Willamette. Essas áreas demarcadas se assemelham a algumas das melhores e menores DOCs europeias, reconhecidas pela extrema qualidade e pela personalidade de seus vinhos. Elas estão para o Willamette da mesma forma que o Brunello está para os vinhos da Toscana na Itália, ou que um Côtes-de-Beaune está para a Borgonha na França.

vinhos do oregon, estados unidos

Dundee Hills, além de ser o berço do Pinot Noir no Estado, é conhecida por produzir vinhos com bom potencial de guarda e excelente estrutura. Foi lá que o pioneiro David Lett se instalou em 1966 e fundou a Eyrie Vineyards, 1ª vinícola do Vale de Williamette. A família Drouhin, tradicional produtora da Borgonha, também decidiu investir ali e construiu a vinícola Domaine Drouhin nos anos 1980’. Ali do lado, a família Evenstad abriu o Domaine Serene, atingindo tal grau de sucesso com seus vinhos que pode fazer o caminho contrário: adquirir vários vinhedos na Borgonha. Hoje, há um movimento capitaneado por produtores como Stoller Vineyards, que buscam aliar a qualidade dos vinhos produzidos nas colinas a preços acessíveis.

vinhos do oregon, estados unidos

Ribbon Ridge é a menor das sub-AVAs do Vale de Willamette, com apenas 5 quilômetros de extensão e aproximadamente 800 metros de largura. A área está localizada a pouco mais de uma hora de Portland, e é marcada pela presença de sedimentos aluviais sobre um substrato vulcânico. Apesar do tamanho diminuto, ali estão abrigados 27 produtores que se dedicam a fazer vinhos sérios e suculentos, com muita estrutura e profundidade. O produtor pioneiro no local foi Harry Peterson-Nedry, proprietário da vinícola Chehalem, que introduziu as primeiras vinhas em 1982. A área abriga ainda produtores orgânicos como a Brick House e vinícolas um pouco maiores, como a Bergström, que vinifica uvas de várias AVAs diferentes.

vinhos do oregon, estados unidos

A partir de agora, você poderá descobrir no site As Boas Coisas da Vida um pouco mais sobre essas e outras regiões produtoras. Semanalmente, publicaremos textos dedicados a uma região produtora ou uma vinícola visitada, dividindo aquilo que aprendemos sobre as técnicas de produção, a recepção aos turistas e, é claro, os vinhos provados.

alvaro lima, jornalista, movidoavinho

Álvaro Lima é Jornalista e Sommelier WSET nível 3. Ele atua como editor do blog Movido a Vinho e organiza degustações por meio da Confraria Anônima. A coluna é uma extensão do projeto Caminhos do Vinho, que reúne relatos de viagens por vinícolas ao redor do mundo. Com o tempo, esperamos que você possa as dicas desta coluna para planejar suas viagens ou escolher um vinho novo para experimentar - explorando regiões diferentes e opções que cabem no seu bolso. Compartilhe suas impressões pelo e-mail alvinho@movidoavinho.com.br

Gostou? Deixe um comentário: