VINHOS: A caravana do vinho brasileiro

O Circuito Brasileiro de Degustação, organizado pelo Ibravin (Instituto Brasileiro do Vinho), realizou na última terça-feira, 1 de Abril, uma grande degustação de vinhos de 23 vinícolas, de quatro Estados, em Porto Alegre. O evento aconteceu no Salão Nobre da Catedral Metropolitana,  no centro histórico da capital gaúcha.

Embora neste ano o foco do CBD tenha sido os profissionais do vinho (sommeliers, restauranters, varejistas etc), o chamado trade, um grande público de enófilos e consumidores finais também compareceu ao evento. Mais de 500 pessoas passaram pela Catedral na tarde e noite da terça-feira quente e chuvosa, para provar as novidades do setor.

Vínícolas gaúchas, de Santa Catarina, do Paraná e do Nordeste trouxeram a Porto Alegre muitos de seus rótulos tradicionais e alguns vinhos inéditos, que só chegarão ao mercado nas próximas semanas ou daqui a alguns meses. Foi o caso da vinícola Peruzzo, de Bagé, com um promissor Cabernet Franc, da Aurora, de Bento Gonçalves, com um Cabernet Sauvignon ainda sem rótulo, e da Don Guerino, de Alto Feliz, com o seu Traços, um blend de cinco uvas (Cabernet Sauvignon+Merlot+Tannat+Teroldego+Ancellotta) com ótimo potencial de guarda, que será lançado na Expovinis, em São Paulo, neste final de mês. Outras vinícolas, como a Peterlongo, de Garibaldi, e a Sanjo, de Santa Catarina, também trouxeram novidades para o CBD.

Neste primeira etapa, a caravana do vinho brasileiro já passou por Curitiba e Florianópolis, além de Porto Alegre. No segundo semestre, o Ibravin retoma o circuito em outras capitais brasileiras. Em todas elas, tem sido grande nos últimos três anos  a receptividade do trade e do público consumidor aos vinhos produzidos em diversas regiões do país, segundo o Gerente de Promoção do Ibravin, Diego Bertolini.

 

Gostou? Deixe um comentário: