VINHOS | Duplamente Chardonnay

Você certamente já experimentou espumantes varietais (aqueles feitos a partir de uma única uva, como o Blanc de Noir – Pinot Noir -, ou Blanc de Blanc – de Chardonnay) e cortes (como a clássica mistura de Chardonnay e Pinot Noir). Mas usar um corte da mesma uva, de diferentes regiões, é um pouco incomum. Foi o que fez a Bodega Sossego, de Uruguaiana, na Campanha Gaúcha. O lançamento do espumante aconteceu esta semana, na Vineria 1976, em Porto Alegre.

Os 4ns da Bodega Sossego: Chardonnay da Campanha e Chardonnay da Serra.

Os 4ns da Bodega Sossego: Chardonnay da Campanha e Chardonnay da Serra.

Com raízes no Pampa Gaúcho, a Sossego é conhecida por trazer em seu rótulos o terroir da Campanha, uma região de clima quente e famosa pelos vinhos tintos. Da parceria com a vinícola Don Giovanni, de Pinto Bandeira, na Serra Gaúcha, responsável pela vinificação dos rótulos da bodega, surgiu o primeiro espumante da marca. O Camp4ña uniu a uva Chardonnay dos vinhedos próprios em Uruguaiana e a Chardonnay da Don Giovanni. “O resultado é um vinho com aromas de frutas de polpa branca, com acidez equilibrada e boa cremosidade”, explica o proprietário da Bodega Sossego, René Ormazaball Moura.  O lote, de apenas 500 garrafas, pode ser encontrado com exclusividade no Vineria 1976, no bairro Moinhos de Vento, Porto Alegre.

Priscilla Fabris Ortiz (da Vineria 1976) e René Ormazaball Moura.

Priscilla Fabris Ortiz (da Vineria 1976) e René Ormazaball Moura.

Sobre a Bodega Sossego:
A Bodega Sossego nasceu a partir de um hobby cultivado na Estância do Sossego, em Uruguaiana, na Campanha Gaúcha. Em uma propriedade familiar, o vinhedo surgiu para resgatar e valorizar as características desta região, unindo o apreço pela tradição ao refinamento na produção. Esta combinação dá origem a uma bodega que tem o vinho como estilo de vida. Nos vinhedos, são cultivadas uvas Chardonnay e Cabernet Sauvignon, que deram origem ao vinhos Campaña, tinto e branco, e agora ao espumante Camp4ña.

Fotos: Lenara Petenuzzo

 

Gostou? Deixe um comentário: