VINHOS & VIAGENS | A festa que celebra o amor pela terra

Festa Nacional da Vindima

Nem nos meus melhores sonhos imaginei uma festa igual a que vi no sábado. 05 de março, Estava preparada para um grande espetáculo, com mais de mil bailarinos no palco e um público de mais de 21 mil pessoas. Mas o que vi foi maior. Mais lindo. E cheio de amor. Muita paixão. Tanto que encerrei o espetáculo aos prantos, abraçada a argentinos, chilenos, colombianos e uma marroquina.

Voltamos no tempo. Na quarta-feira, 02 de março, embarquei em direção à Argentina. Semanas antes, recebi um convite da agência de Turismo da Argentina: participar da 80ª Festa Nacional da Vindima. Seriam três dias de passeios pela capital Mendoza, conhecendo vinícolas e roteiros enoturísticos e terminaria com uma grande festa, no sábado no teatro grego Frank Romero Day, no Parque General San Martín, em Mendoza.

Via Branca das Rainhas

A festa que vimos teve quase um ano de preparação. Eles a comparam ao Carnaval do Rio de Janeiro. É uma celebração aos homens da terra, cuidadores das uvas e videiras da região. A festa tem três atos: na sexta, à noite, a “Via Branca das Rainhas”, onde candidatas de cada departamento se apresentam para o público; no sábado de manhã “El Carrusel“, um desfile para toda a cidade, com os bailarinos que se apresentarão à noite; e por fim a Festa Nacional da Vindima, no sábado à noite.

Via Branca das Rainhas

Argentinos usam a criatividade para pegar presentes das Rainhas.

Argentinos usam a criatividade para pegar presentes das Rainhas.

Caminhões carregam alegorias e a corte de cada departamento. Como de costume, desde 1936, as candidatas jogam para o público as frutas que cada departamento produz: uvas, peras, maçãs, melões, laranjas e melancias. Adultos e crianças esperam ansiosos pelos “presentes” das rainhas. Muitos adaptam cestos a um cabo de vassoura para conseguir pegar as frutas. A festa toma conta da rua. É uma forma das candidatas se apresentarem ao povo.

El Carrusel

Grupo de bolivianos se apresenta no El Carrusel.

Grupo de bolivianos se apresenta no El Carrusel.

No sábado, um segundo desfile. Artistas que se apresentarão, à noite, passam pela mesma avenida, numa prévia do que será visto daqui algumas horas. Gaúchos argentinos e brasileiros, bolivianos, chilenos e outros grupos cantam e dançam, numa demonstração de amor à sua cultura.

Festa Nacional da Vindima

O grande palco antes da apresentação começar.

O grande palco antes da apresentação começar.

Chega a grande noite. Nos preparamos. Seguimos cedo para o teatro grego Frank Romero Day. O Parque General San Martín fica entre as montanhas, cenário que dá ainda mais grandiosidade ao evento. Aos poucos as arquibancadas lotam. Mais de 21 mil pessoas compram ingressos a preços simbólicos (cerca de 150 pesos argentinos, ou 45 reais). Por ficar numa área de montanha, e não ser coberto, a organização do evento estima que cerca de 50 mil pessoas assistam ao evento.

Como crianças, com olhos atentos e admirados, o grupo de jornalistas chega ao local reservado à imprensa. Equipes de televisão de toda a Argentina estão posicionadas em todos os cantos da arena para mostrar cada detalhe da festa.

Um apresentador anima o público com o sorteio de uma moto e um carro. Todos aplaudem. Tocam todo o tipo de música. Por volta das 22h começa a apresentação.

Um grande telão mostra imagens dos primeiros imigrantes que chegaram à Argentina com videiras. Chilenos, italianos e espanhóis são homenageados. Bailarinos cantam e dançam as músicas de cada um desses países. Bandeiras aparecem no telão. Numa demonstração de respeito às diferenças bailarinos negros, índios, cadeirantes e a corte da Vindima Gay, pela primeira vez, em 20 anos,  dentro do calendário oficial.

Pablo Guardia, de 29 anos, e Nicole Ferri, de 24: Rei e Rainha da Vindima Gay.

Pablo Guardia, de 29 anos, e Nicole Ferri, de 24: Rei e Rainha da Vindima Gay.

Da América Latina, Brasil, Bolívia e Peru são os representantes. Dançarinos levam ao palco músicas tradicionais de cada um dos seus país. Como gaúcha, foi quase impossível não se emocionar ao ver a apresentação de prendas e gaúchos no palco. Uma grande bandeira brasileira colore o telão. Todos gritam BRASIL, BRASIL! E o apresentador anuncia: por uma AMÉRICA UNIDA!

A apresentação segue. Bailarinos fazem uma homenagem aos vitivinicultores, responsáveis pela produção da uva e do vinho. Da terra à garrafa. Do antigo ao moderno. Nito Mestre é aplaudido de pé ao cantar clássicos do rock argentino.

Giuliana Lucoski, de 22 anos anos, candidata de Luján de Cuyo, é eleita a Rainha da Vindima 2016

Giuliana Lucoski, de 22 anos, candidata de Luján de Cuyo, é eleita a Rainha da Vindima 2016

As 18 candidatas de cada departamento desfilam. Começa a contagem dos votos. Dois apresentadores anunciam voto a voto. O público vai a delírio. A cada voto a candidata dá um passo à frente e saúda o público.  Depois de mais de meia hora, a vencedora é anunciada. A bela morena, de olhos verdes, Giuliana Lucoski, de 22 anos, candidata de Luján de Cuyo, é eleita a Rainha da Vindima 2016, com 86 votos. “Não posso explicar a importância que é para mim representá-los”, fala emocionada.

Festa Nacional da Vindima

Estávamos todos emocionados. O público gritava ARGENTINA, cantava o hino nacional e tremulava bandeiras, deixando a arena azul e branca. Uma grande bandeira argentina aparece no telão. É a demonstração de amor de um povo por sua terra, suas raízes e tradições. É um exemplo que todos precisamos ter. Amar aquilo que mais temos de precioso: nosso solo!

 

  • Pablo Guardia, de 29 anos, e Nicole Ferri, de 24: Rei e Rainha da Vindima Gay.
  • Giuliana Lucoski, de 22 anos anos, candidata de Luján de Cuyo, é eleita a Rainha da Vindima 2016
  • Via Branca das Rainhas
  • Giuliana Lucoski, de 22 anos anos, candidata de Luján de Cuyo, é eleita a Rainha da Vindima 2016
  • Giuliana Lucoski, de 22 anos anos, candidata de Luján de Cuyo, é eleita a Rainha da Vindima 2016
  • Giuliana Lucoski, de 22 anos anos, candidata de Luján de Cuyo, é eleita a Rainha da Vindima 2016
  • Via Branca das Rainhas
  • Via Branca das Rainhas
  • Via Branca das Rainhas
  • Via Branca das Rainhas
  • Via Branca das Rainhas
  • A minha alegria em poder participar desta festa.
  • Via Branca das Rainha
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • Festa Nacional da Vindima
  • El Carrusel
  • El Carrusel
  • El Carrusel
  • El Carrusel
  • El Carrusel
  • El Carrusel

Gostou? Deixe um comentário: